Aumento de Glúteos – Gluteoplastia

A cirurgia de aumento dos glúteos, ou gluteoplastia, oferece maior volume em glúteos geneticamente pequenos ou em pacientes que se perderam grandes quantidades de peso. As técnicas mais usadas são a lipoenxertia (ou enxerto de gordura) e o implante de próteses de silicone.

No primeiro caso, retira-se gordura de determinada parte do corpo, que esteja em excesso, e após adequado preparo, injeta-se na região glútea e ou quadris, dependendo do caso. Essa técnica é bastante antiga e consagrada, e como toda técnica cirúrgica apresenta pontos positivos e também negativos. Como vantagem está o fato de ser menos onerosa, uma vez que na utiliza a prótese glútea. A consistência da gordura é macia e muito próxima à consistência natural da região glútea, sendo possíveis belíssimos resultados cirúrgicos. A moldagem de toda a região também é possível considerando contornos laterais e quadris, quando necessário. A desvantagem encontra-se na absorção gordurosa, que às vezes é imprevisível ou mesmo assimétrica bilateralmente. Apesar desses 2 pontos negativos, uma vez esclarecido ao paciente sobre todo o procedimento e quanto ao que se pode esperar no pós-operatório, consideramos a lipo enxertia glútea uma excelente opção para aumento de glúteos.

A inclusão das próteses é feita por incisão na porção superior do sulco (dobra) entre as nádegas, as cicatrizes ficam disfarçadas neste sulco.

Os principais objetivos da cirurgia de aumento dos glúteos são oferecer uma melhora no contorno corporal e alcançar resultados naturais e harmônicos ao tipo físico da paciente.

A anestesia pode ser peridural ou geral.