Mamas Masculinas – Ginecomastia

A ginecomastia é o aumento das mamas masculinas além do padrão normal que incomoda esteticamente. É uma condição bastante comum e afeta, em diferentes graus, até 50% dos homens.

Pode ser uni ou bilateral e acometer apenas a região da aréola ou toda a mama. Algumas drogas e doenças contribuem para o desenvolvimento, mas na maior parte dos casos, ocorre sem uma causa específica.

Na adolescência, a condição é frequentemente motivo de grande constrangimento e pode gerar distúrbios psicológicos.

A cirurgia plástica para estes casos consiste na retirada do excesso de glândula ou gordura presente na região. Raramente, é necessária a retirada de pele. O resultado final é de uma região peitoral mais plana e firme, coerente com a anatomia normal masculina.

A cirurgia pode ser realizada em qualquer idade. O paciente deve ser submetido a exame clínico pré-operatório para investigação de possíveis causas para o problema, como fatores hormonais, substâncias utilizadas (medicamentos, drogas, esteroides anabolizantes) ou até mesmo tumores.

Em relação às cicatrizes, quando a ginecomastia tem um componente predominante glandular, é necessária uma incisão ao redor da aréola em meia lua.

Quando o componente é predominantemente gorduroso, a lipoaspiração na região resolve bem o problema, pois conta posteriormente com uma retração de pele, altamente desejável para que se obtenha um bom resultado pós-operatório.

A anestesia pode ser local com sedação, ou anestesia geral.